Print Friendly, PDF & Email

Os diferentes tipos de pele

Distinguem-se geralmente 4 tipos de pele: normal, seca, oleosa ou mista. No entanto, o equilíbrio cutâneo de cada um de nós varia em função da idade, da higiene, das alterações hormonais, do stress… as características da pele podem evoluir segundo os fases da vida. Aprenda a conhecer a sua pele para lhe dar os cuidados que melhor se lhe adaptam.

A pele normal
A pele normal, naturalmente flexível, macia e sedosa ao toque, é confortável e fácil de cuidar. O seu aspecto é mate, uniforme e os seus poros apertados. É bem hidratada, só segrega o que necessita de água e de sebo.

No entanto, como todo o tipo de pele, é vulnerável face às agressões do ambiente (calor, frio, poluição, raios UV, ar seco…) e ao envelhecimento. Para preservar o seu equilíbrio, é indispensável protegê-la a cada dia com um cuidado hidratante e nutritivo.

A pele seca

Áspera ao toque e desconfortável, a pele seca é uma pele com défice de lípidos e/ou de água. Falta-lhe elasticidade e flexibilidade e parece esticada, em particular depois do banho ou higiene. Frágil, a pele reage fortemente às agressões exteriores (frio, calor, vento, arranhões, etc.): pode facilmente ficar ruborizada, dar comichão ou repuxar. Quando a pele seca não envelhece mais rápido que outros tipos de pele, aparecem rugas e ridulas mais visíveis.

Alguns tipos de pele estão particularmente sujeitos à secura: a pele fina e clara ou ainda a pele envelhecida, que produzem menos sebo e não retêm tão bem a água. Ainda assim, toda a pele pode conhecer períodos ou zonas de secura.

Um regime alimentar equilibrado, rico em ácidos gordos essenciais, a utilização quotidiana de um cuidado de limpeza sobrengordurante e um cuidado nutritivo especifico para a pele seca, vão contribuir uma pele suave e confortável.

A pele oleosa
De aparência baça ou brilhante ou mesmo oleosa, a pele oleosa tem um grão irregular e poros dilatados, visíveis a olho nu. Estas características devem-se à secreção excessiva de sebo, que também tem muitas vezes por consequência pequenas imperfeiçoes (comedões) forma de acne mais ou menos importante.
Muito comum na adolescência, a pele oleosa pode por vezes persistir na idade adulta: há pele que é oleosa por natureza e assim permanece ao longo da vida. Espessa e protegida por um filme hidrolipídico superabundante, a pele oleosa resiste melhor face às agressões ambientais e aos sinais de envelhecimento.
Cuidados de limpeza e hidratantes purificantes, associados a uma terapêutica indicada por um dermatologista em caso de acne, são indicados para a pele oleosa.
A pele mista
A pele mista apresenta as mesmas características que a pele oleosa, mas apenas na zona T do rosto: testa, laterais do nariz e queixo. A pele das bochechas pode ser normal ou seca.

Descubra a nossa solução para a pele: